CidadesItajaí

Prefeitura de Itajaí diz que “Criança Viada” confronta o ECA e suspende live

Faça terapia - o contato pode se feito agora! Clique aqui Saúde Emocional para uma vida melhor com a Psicanalista & Terapeuta Camila Custódio | Atendimento Online

Após grande repercussão nas redes sociais em torno do projeto cultural que tem patrocínio da Prefeitura de Itajaí, através da Lei Aldir Blanc, o Município decidiu cancelar a realização do projeto. Alvo por receber recursos públicos para a execução, a polêmica mirou principalmente o nome do projeto LGBTQIA+.

A live “Criança Viada Show” estava prevista para levar ao ar seu primeiro episódio neste sábado (15). Ao justificar o cancelamento da transmissão online, trecho do comunicado da Prefeitura de Itajaí cita o Estatuto da Criança e do Adolescente:

“em função do projeto, contemplado no Edital nº 011/2020 – Credenciamento de Prêmios e Projetos Artístico-Culturais da referida lei, em tese, poder confrontar o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), que prevê a proteção integral da criança e do adolescente, em função do uso do termo ‘Criança Viada Show’ em seu anúncio”.

Os organizadores esclarecem que apesar do nome, o público adulto era / é alvo da ação e não as crianças.

Acompanhe o que disse Volnei Morastoni, prefeito de Itajaí:


Apoie o jornalismo independente. Fale conosco pelas redes sociais.

Mostrar mais

@opatrickschneider

Patrick Schneider - Política, economia, negócios e o cotidiano a partir de Itajaí e Balneário Camboriú, de olho no que é destaque em SC e no Brasil. Sigilo de fonte, credibilidade na informação. Jornalista profissional desde 2008 - DRT 4485 JP/SC. Trabalhou em rádios, tv, jornais impressos e online. Atuação em assessoria de imprensa a políticos, no Poder Legislativo e fora dele, a ONGs e a profissionais autônomos. Teólogo desde 2016 e mestrando em Educação. Whats e Telegran 47 99117.7197 ou nas redes sociais.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
error: Proibido copia sem autorização e sem citar Colabora NEWS.